Este será o pesadelo dos bancos – ARGUTIA #19

Argutia – Empreendedorismo, Negócios e Carreira

15 de junho de 2018

A Ant Financial arrecadou US$ 14 bilhões no que foi a maior rodada de financiamento privado do mundo, sendo avaliada em US$ 150 bi. Criada por Jack Ma e separada do Alibaba em 2011, ela opera a Alipay, a maior rede de pagamentos online e móvel da China. A Ant tem sido fundamental na transformação da China em uma sociedade “cash-free”. O objetivo agora é expandir sua atuação no desenvolvimento de blockchain.

Prepare-se para a guerra das ofertas. A Comcast ofereceu US$ 65 bilhões para roubar a 21st Century Fox da Disney. A maior provedora de TV a cabo dos EUA fez uma oferta 19% maior que a da concorrente (US$ 52,4 bilhões), que já tinha sido aceita no final de 2017.

Para apimentar as coisas, a AT&T conseguiu aprovação de tribunal dos EUA para compra da Time Warner por US$ 85 bi, o que permitirá à AT&T competir com companhias de internet como Netflix e Google, já que passará a ter informações sobre os consumidores, necessárias para anúncios digitais. A fusão será a 12ª maior já realizada.

Acontece que a Fox tinha recusado a Comcast anteriormente por causa de preocupações regulatórias. A vitória da AT&T na justiça muda tudo, já que diminui o risco regulatório. Agora, a Disney está pressionada para apresentar uma oferta maior, o que deve iniciar uma batalha de ofertas entre as duas.

A Tesla vai cortar 9% dos seus 46 mil funcionários, ao longo de uma restruturação anunciada por Elon Musk. Os cortes, que não devem afetar o pessoal de fábrica, servirão para eliminar a burocracia e tornar a produção mais acelerada.

A propósito, finalmente a empresa patenteou suas telhas solares, uma das suas principais apostas para o futuro.

A Volkswagen foi multada em € 1 bilhão por fraude em testes de emissões de poluentes de veículos equipados com motor a diesel, em uma das maiores penalidades já impostas na Alemanha contra uma empresa. Quer entender melhor essa história? O primeiro episódio da série “Na Rota do Dinheiro Sujo”, da Netflix, traz um excelente panorama.

Concorrente para o Uber ganha força. Criada por um jovem de 19 anos, a startup da Estônia, Taxify, já conta com 500 mil motoristas e 10 milhões de usuários cadastrados em 40 cidades entre Europa e África. Agora, está valorada em US$ 1 bilhão, transformando-a em um raro unicórnio europeu. Curiosidade: o Skype também surgiu no país.

O grupo francês de supermercados Casino pretende atingir €1,5 bilhão em vendas de ativos até o início de 2019, para reduzir sua pesada dívida. Suas ações caíram para uma mínima em mais de 21 anos.

No Brasil, o Compre bem vai voltar. Preocupado com o crescimento das redes regionais, o GPA converterá 20 lojas do Extra Supermercados em bandeira Compre Bem, que existiu no passado, mas será reposicionada. O objetivo é “copiar o que eles (regionais) fazem bem e fazer um pouco melhor”.

Já pensou em ser mais criativo? Totalmente online e apresentado em tempo real, o curso Criatividade para Inovação – do Argutia Academy – fará uma imersão em técnicas e metodologias para que você desenvolva suas habilidades criativas, seja capaz de produzir inovações e se torne um agente de mudança na sua organização. Seu coeficiente criativo será avaliado no começo e no final do curso, para que sua evolução seja medida e monitorada. As inscrições estão abertas até o final da semana ou até acabarem as vagas.

A Vinci Partners vai assumir as 200 lojas da Domino’s no Brasil, tentando repetir com a pizza o mesmo sucesso que teve com seu investimento no Burger King Brasil. Hoje, a franquia pertence ao Grupo Trigo, a holding carioca que também controla as marcas Spoleto, Koni e Gurumê.

O ex-presidente da Petrobras, Pedro Parente, foi convidado para assumir o comando da BRF. Mas antes, precisa do aval da Comissão de Ética da Presidência da República, já que ainda cumpre quarentena

Grupo Globo entra forte na concorrência contra a Netflix. A Rede Globo e a programadora Globosat criarão uma joint venture para erguer um concorrente à altura da Netflix. Não se sabe o que acontecerá com a Globo Play, que acaba de completar dois anos e era, até então, a principal aposta para o entretenimento pago via internet

Uma nova fintech de crédito foi criada pelos cinco maiores bancos do país: BB, Bradesco, Caixa, Itaú e Santander. A Quod tem foco na gestão de dados do Cadastro Positivo, e visa disponibilizar produtos e soluções de controle de risco, prevenção a fraudes e análise de grandes volumes de dados, tanto para instituições financeiras quanto para as demais empresas que demandem informações sobre risco de crédito no dia a dia de suas operações.

O dólar voltou a superar os R$ 3,80, após o Fed ter elevado a taxa de juros americana. O aumento do juros já era esperado, mas foi anunciado que deve haver ainda mais quatro aumentos nesse ano – o previsto anteriormente eram três. Mesmo com o BC intervindo no mercado, não foi suficiente para conter a nova disparada do dólar.

Por sinal, nos últimos 10 anos, as intervenções do BC no câmbio custaram R$ 25 bilhões. Entretanto, esse gasto é menor do que o impacto de R$ 27 bilhões de cada ponto porcentual de aumento da Selic, mantido por um ano.

Já o Ibovespa segue em ritmo de queda, atingindo os 71.421 pontos. Só nos últimos 30 dias, o índice já caiu mais de 16%. Algumas exportadoras como Vale e Suzano têm se beneficiado da alta do dólar.

País das leis. Michel Temer sancionou uma lei que incentiva empresas de informática, comunicação e tecnologia a investirem em pesquisa, desenvolvimento e inovação, recebendo isenções tributárias em retorno. O objetivo é dinamizar e fortalecer atividades de pesquisa e desenvolvimento nesses setores.

Enquanto isso, na Venezuela, a inflação anual está na casa dos 14.000%. Com o agravamento da crise, já está difícil achar produtos de necessidade básica, comida e até… dinheiro.

Brand Footprint – Ranking Brasil. Escolhida 5,8 bilhões de vezes pelo consumidor no mundo em 2017, a Coca-Cola também foi a primeira colocada do ranking Brasil do Brand Footprint, que verifica quais são as marcas mais escolhidas pelos consumidores no País. A Ypê se manteve na vice-liderança e a Colgate conquistou o terceiro lugar, se destacando por estar presente em quase 90% dos domicílios brasileiros (a média das marcas analisadas é 30%). Confira o ranking Brasil Brand Footprint.

A Microsoft anunciou mudanças no Office para deixá-lo mais simples e, ao mesmo tempo, parecido em suas diferentes versões disponíveis para web, aplicativos móveis e Office 365. O primeiro software a receber a nova interface é o Word. A barra de ferramentas vai “perder” muitos atalhos para recursos, que estarão disponíveis a partir de uma ferramenta de pesquisa dentro do próprio programa

A empresa também se prepara para a próxima guerra dos consoles, contra o Playstation 5 (da SONY). Uma das principais medidas é tentar aumentar o número de títulos próprios da plataforma Xbox. Parece que finalmente a Microsoft está levando a sério os jogos eletrônicos, mercado que tem crescido exponencialmente.

Antes de despedir. Se você gostar de futebol, ainda dá para correr e participar do nosso bolão da Copa.



Análise da semana

Os aplicativos de pagamento da China têm sido o pesadelo dos bancos americanos. Nessa semana, a Ant Financial, do genial empreendedor Jack Ma, atingiu uma extraordinária valoração de US$ 150 bilhões. E vem muito mais por aí.

Em grande parte devido ao Alipay, a grande maioria das compras de consumidores chineses já acontecem em celulares, de forma barata e fácil, sem envolvimento de bancos. Em Xangai, os adolescentes não reconhecem mais a textura das notas de yuan.

E aí que vem a parte assustadora: quando alguém compra algo através de um app, bancos não ganham sua comissão.

Nos EUA, as empresas financeiras podem perder até US$ 90 bilhões por ano em taxas de processamento de pagamentos se os consumidores americanos adotarem aplicativos de terceiros em massa, como os chineses adotaram o Alipay e o WeChat Pay.

Veja: em uma típica transação com cartão de crédito nos EUA, apenas 97% vai para o vendedor. Os outros 3% são distribuídos entre banco emissor, banco receptor, rede do cartão e quem processa o pagamento. Mas com os apps, os pagamentos podem ocorrer de forma muito mais barata e sem precisar de tantos intermediários assim.

Por hora, cresce o número de especialistas que afirmam que o futuro dos pagamentos de bens de consumo muito provavelmente não será elaborado em Nova York ou Londres, mas na China.

Enquanto isso no Brasil, fintechs também têm encontrado um cenário muito favorável. Nessa semana, a Nubank começou a oferecer contas digitais mesmo para quem não possui seu cartão de crédito. Para seus cientes, foram abertas 1,5 milhão de contas, aumentando a concorrência com os bancos tradicionais.

Com isso em mente, os grandes dinossauros bancos brasileiros estão começando a arregaçar as mangas. Só no ano passado, mais de R$ 19 bilhões foram investidos em tecnologia, sobretudo para mobile banking. Em 2017, 1,6 milhão de contas foram abertas pelo smartphone.

Entretanto, as coisas não são tão lindas assim. Um estudo publicado nessa semana pelo Banco Mundial mostrou que 47% da população mundial não tem conta bancária. A inclusão financeira, todavia, está longe de ser uma preocupação imediata dos países emergentes.

Por fim, a situação da Tesla é bem complicada. Nenhum outro empreendedor arrecadou e gastou tanto dinheiro quanto o Elon Musk. Na verdade, com o atual consumo de US$ 7 mil por minuto, ela corre um risco real de zerar ainda em 2018.

Mesmo gastando tanto, a receita média gerada por funcionário é muito aquém de outros competidores (quase 1/3 da GM e Ford), que ainda contam com custos menores. Já as dívidas de longo prazo passam de US$ 9 bilhões. A conta não fecha.

É inegável que a situação está delicada. Por enquanto, a única coisa certa é que os carros de Musk podem não queimar combustível, mas certamente estão queimando muito dinheiro!

— Daniel Scott



Para ler e assistir

 

ASSINE O ARGUTIA

PERDEU ALGUMA EDIÇÃO ANTERIOR?

Comente com seu facebook

Os comentários estão encerrados.