Lições imperdíveis sobre liderança e carreira de lendas do esporte brasileiro

O esporte é uma grande parte da cultura mundial. O drama, as histórias de vida e a união de milhões de pessoas em torno de uma única causa, contribuem para isso. Mas, sobretudo, o esporte também tem uma importância incrível na formação do caráter dos indivíduos e na criação de um perfil de liderança e empreendedorismo.

Aqui estão algumas lendas do esporte brasileiro que inspiram brasileiros de todos os cantos e o que eles podem ensinar sobre carreira, gestão e como liderar equipes.

Zico

Arthur Antunes Coimbra é um nome que não precisa de introdução. Ele figura na lista dos melhores jogadores da história e liderou a vitoriosa trajetória do Flamengo nas décadas de 1970 e 1980, conquistando a Taça Libertadores, a Copa Toyota, além de diversos títulos do Campeonato Carioca e Brasileiro.

Clubismo à parte, o carisma e a capacidade de Zico em liderar e motivar as pessoas é inigualável. Já vi diversos turistas japoneses e de outros países usando sua camisa e, até no Iraque, fui capaz de encontrar um dos seus fãs.

A carreira brilhante do craque mostra que grandes líderes devem ter dois pilares fundamentais: a ética e a resiliência. Segundo o livro “Zico Uma Lição de Vida”, ele sempre afirmou que os jogadores, acima de tudo, deveriam zelar pelos valores da sociedade e respeitar a torcida, tendo sempre que dar um bom exemplo para os mais jovens. A persistência, categoria e vontade também são as marcas registradas de Zico. Por fim, fica a sua dica: “sempre acredite e não desista nunca”.

Hortência

Fátima Marcari (mais conhecida como Hortência) é a maior pontuadora da história da seleção brasileira de basquete, com 3.160 pontos, marcados em 127 partidas oficiais e considerada uma das maiores jogadoras de basquetebol de todos os tempos.

Atualmente, como diretora da Seleção Brasileira de Basquete Feminino, a ex-jogadora afirma que construir uma carreira vitoriosa envolve uma série de competências, mas, sobretudo, vontade de se superar e o trabalho árduo.

A maior lição que ela deixa serve para todas as pessoas e é bastante inspiradora: “o sucesso pertence a quem sabe correr riscos e aceita sofrer para explorar seu talento. Quem não sabe o que quer, ‘dança’. E treine o máximo. Assim, na hora do jogo as coisas acontecem. Para uma entrevista de emprego é a mesma coisa. Trata-se de imaginar o que o entrevistador pode perguntar para responder ‘na lata’”

Guga

Gustavo Kuerten é o nome do cara que popularizou o tênis no Brasil e até hoje é lembrado com carinho pelos maiores tenistas da atualidade. Tri-campeão de Roland Garros, chegou ao primeiro lugar do ranking ATP e é o único tenista da história a ganhar de Pete Sampras e Andre Agassi no mesmo torneio.

O carisma é a maior marca do jogador que sempre pautou a carreira demonstrando simplicidade e humildade.

Hoje, ele e a família gerenciam um grupo que fatura R$ 250 milhões. Seus clientes são unânimes ao afirmar que Guga “inspira confiança, funciona como atestado de qualidade do produto e remete à ideia de ética e vitória”.  Ele é admirado pela sua filosofia de vida ligada ao esporte e pela postura positiva e otimista.

A lição que o jogador deixa é que ser feliz no que faz é a melhor receita de vida. “Durante minha carreira, enfrentei competições e tive acúmulo de expectativas e ansiedade. Hoje preciso suprir isso com outras atividades. E posso dizer que sou muito feliz”.

A filantropia também é algo pelo qual se destaca (não só ele, mas como também diversos outros esportistas de sucesso). Um dos braços do seu grupo é a IGK, cujo objetivo é levar educação a jovens de baixa renda, por meio do esporte.

Bernardinho

Bernardo Rocha de Rezende é o maior campeão da história do voleibol, acumulando mais de trinta títulos importantes em 20 de carreira dirigindo as seleções brasileiras feminina e masculina. Realizou um feito único ao conquistar 5 medalhas olímpicas consecutivas como treinador.

Bernardinho é uma das pessoas mais influentes do Brasil e concilia os treinos com a gestão de suas empresas. Para ele, o trabalho em equipe é o ponto chave do sucesso. O segredo de equipes campeãs é unir pessoas em torno de uma causa, “isso leva a resultados impressionantes”.

 “Uma equipe é formada por pessoas com objetivos em comum, mas a missão só pode ser atingida com o trabalho de todos. O diferencial de uma instituição está nas pessoas. Grandes obras precisam de pessoas preparadas, comprometidas e transformadoras. Esse conjunto é o que faz o diferencial em qualquer instituição

O treinador ressalta que nem sempre os melhores profissionais formam os melhores times. O segredo é selecionar e reter os talentos certos, adequados à cultura da empresa e ao estilo da equipe. A observação é a chave para se construir a equipe certa. “É preciso ficar atento à genialidade, determinação e, especialmente, paixão. Se no esporte os talentos são movidos a replay, no mundo corporativo esse indicador vem por meio de resultados, números e eficiência permanente”.

Ayrton Senna

Ayrton Senna da Silva foi eleito pela BBC o melhor piloto de todos os tempos, sendo tri-campeão mundial de Fórmula 1. Senna morreu em um acidente no Autódromo de Ímola, mas deixou um legado que faz inveja aos maiores esportistas do mundo.

Ele possuía 5 características que o consagravam como exemplo de liderança e empreendedorismo: era persistente, metódico, meticuloso e se adaptava facilmente a novas situações.

O piloto era extremamente determinado: “Correr é parte de mim, é o que fiz em toda a minha vida. Isso vem antes de todo o resto”. Ele precisava sempre vencer, de qualquer maneira. E, para isso, tinha um método de estudar seus concorrentes, um método de correr e uma rotina. Não descansava enquanto não conseguia estabelecer qual seria o seu limite e o do carro durante a prova.

Isso o tornou um exemplo de liderança e empreendedorismo. Ele também via os erros como forma de construir a personalidade e o caráter: “o importante é aprender com os erros e evoluir”.

Fecho aqui com a frase de Senna que acho que seja a dica mais importante para qualquer pessoa que aspire sucesso: “o que importa é ser quem você é, não deixar que os outros perturbem você. Eles querem que você seja diferente. Você tem que ser o que é.

Comente com seu facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *