Por que você deve começar a ser um empreendedor de sucesso ainda jovem

Empreendedorismo não é uma carreira, é um estilo de vida. Você pode ser uma pessoa que escolhe a segurança e estabilidade ou pode ser uma pessoa que dedica a vida a construir algo maior que você mesmo. Empreendedor é aquele que explora, sonha, descobre e executa.

Não desista dos seus sonhos para evitar o arrependimento no futuro.

É bom ressaltar que empreendedor não é necessariamente a pessoa que decide abrir uma empresa, mas também podem o ser, por exemplo, cientistas, políticos, professores e funcionários de empresas que buscam crescer na carreira de forma estruturada. Ou seja, todos os que se adequem nas premissas do conceito podem ser considerados empreendedores, independente de profissão, gênero, renda ou idade.

Portanto, se você quer ser dono das rédeas da sua vida, a hora de começar é imediatamente! Aqui estão alguns pontos que justificam o porquê de as pessoas deverem começar ainda cedo a serem empreendedoras.

1 – Poucos compromissos financeiros

À medida que você envelhece, você começa a perceber os compromissos financeiros inerentes da vida: aluguel, contas de água, luz, gás e telefone, despesas médicas, empréstimos, etc. Isso tudo consome não só um tempo enorme, como, também, recursos financeiros, impossibilitando criar uma vida nos próprios moldes. Jovens possuem muito menos compromissos e, portanto, mais margem para arriscar em novas empreitadas.

2 – Não há pressão familiar

Jovens entre 20 e 30 anos costumam ser solteiros e não ter família para sustentar, e esse é o melhor momento para tentar algo arriscado, e correr o risco de fracassar. O início da vida empreendedora é o período mais desafiador e você provavelmente não vai querer que outras pessoas sofram junto com você.

3 – Amantes do risco

Estudos mostram que a aversão ao risco aumenta com o passar da vida. Jovens tendem a ser menos avessos ao risco do que adultos, e isso é uma característica essencial para se empreender. Quando se tem uma família, a tendência é que a pessoa se torne mais conservadora.

Quando você é jovem, seu apetite de risco é alto. Você pode dar ao luxo de falhar e começar de novo. Uma vez que você vai ficando mais velho e tendo uma família para cuidar, vai querer escolher uma vida familiar calma, ao invés de uma atividade que consumirá boa parte da sua energia.

Desse modo, arrisque tudo agora e descubra se vale a pena o tiro. Não desista dos seus sonhos para evitar o arrependimento no futuro.

4 – Adaptabilidade a novas tecnologias

Como a lei de Moore mostra, o mundo se transforma cada dia mais rápido, alterando as configurações tecnológicas e sociais, a produtividade e o crescimento econômico. Novas tecnologias surgem antes mesmo de as pessoas conseguirem se adaptar às anteriores.

E, se usadas corretamente, são importantes aliadas dos empreendedores. Jovens tendem a ser mais adaptáveis à mudança tecnológica, logo devem saber aproveitar ao máximo suas habilidades. 

5 – Motivação e energia

É senso comum que os mais jovens têm, de forma geral, mais motivação, energia e entusiasmo em relação aos mais velhos. Estes últimos podem ter mais experiência e conhecimento de como as coisas devem funcionar, mas eles raramente vencem jovens em termos de motivação e nível de energia.

É o momento em que você pode mudar de carreira, começar diferentes negócios e realizar o famoso “learn by doing”. Ao amadurecer, você passa a repelir ideias inovadoras e diferentes. Tudo isso pode ser feito quando se é ainda jovem.

Com isso, deixo dois pensamentos importantes: a sociedade irá sempre te julgar e o “não” você já tem. Então, qualquer coisa que você realize, você sempre estará no lucro!

Comente com seu facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *