Quer ser feliz? Então pare de fazer essas 8 coisas!

Você se considera feliz? Felicidade não é algo genético ou um dom que vem ao nascer. Pelo contrário, a felicidade é conquistada com atitudes e hábitos que você adquire ao longo da sua jornada. Faça as coisas certas, e seguramente você terá uma vida melhor.

Mas, o que fazer? Quais são as coisas ruins que realizamos diariamente e que prejudicam tanto nossa saúde física, quanto a mental?

Muitas pessoas gostariam de ser mais felizes, mas simplesmente não enxergam aquilo de ruim que permeia suas vidas. É difícil mesmo. A não ser que a pessoa tenha alguma habilidade especial ou muita capacidade de se auto-avaliar, é complicado entender onde se está errando.

Lembre-se sempre disso: Ninguém é responsável pela sua felicidade a não ser você. Entenda isso e pare de fazer estas oito coisas, que estará no caminho de criar uma versão mais feliz de você mesmo.



1 – Não esquecer o passado

Concentrar-se demais em eventos passados não permite que você viva no presente ou se esforce para melhorar o futuro. Mudar o passado é impossível. Concentrar-se em algo que não tenha solução certamente irá deixa-lo de mau-humor.

É sempre melhor viver no presente e canalizar suas energias para o que pode ser feito em vez do que não pode.

 

2 – Ser complacente

Focar no que se tem agora é importante. Mas você pode alcançar a felicidade pensando no que quer para o seu futuro e definindo os objetivos para chegar lá.

Seja para algo grande conquistar um novo emprego ou algo menor como aprender um novo idioma, expandir suas habilidades pode levar a novas e excitantes oportunidades.

 

3 – Esquecer de tirar um tempo para fazer as coisas que você ama

Qual é a sua paixão? Independentemente do quão simples ou difícil seja, tire sempre um tempo para realizar as atividades que lhe trazem alegria.

O tempo é sempre da essência no mundo de hoje, mas você sentirá um vazio se não parar por um momento para fazer algo que verdadeiramente ama.

Eu, por exemplo, adoro viagens. Portanto, sempre que possível procuro visitar algum lugar novo e descobrir novas culturas.

A propósito, se você gosta de viajar também, sugiro que use o Airbnb para hospedagem. É muito mais barato e confortável que hotel. Cadastre-se aqui e ganhe R$ 130 de desconto na primeira reserva.

4 – Não desconectar-se

Estudos mostram que redes sociais causam o medo de achar que está perdendo informações. Em vez disso, pense que deixar de se informar pode ser bom, especialmente quando o que se está aprendendo não é tão útil assim.

Esteja sempre engajado no momento atual. Abra sua mente a experiências que você negligenciou ao longo da vida. Bloqueie também distrações desnecessárias.

Quer uma dica? Uma vez por semana procure alguém com quem não fala há tempos e vá almoçar com ela. Converse um pouco com essa pessoa pessoalmente, sem celular ou computador.

5 – Ignorar as pequenas coisas

Clima agradável para dar a volta no parque. Um filhotinho de cachorro que quer brincar com você. Praticar um esporte com seus amigos.

A semana tem 168 horas. Tire as 50 que você trabalha, mais 56 para dormir e 30 para comer, banho e exercícios, ainda sobram 32 horas livres. Impossível que não aconteça pelo menos uma coisa agradável durante esse tempo. Mesmo que dure alguns minutos.

Mostre apreciação pelas pequenas coisas da vida.

6 – Permanecer na cama

Se quer estar entre as pessoas mais felizes, saudáveis e produtivas do mundo, crie imediatamente o hábito de se exercitar. Quando você se exercita, seu cérebro libera endorfinas e monoaminas, o que imediatamente traz a sensação de alegria.

Seja indo na academia, correndo na rua, ou até mesmo em casa (note que esse último requer muita disciplina), o importante é praticar atividades físicas com regularidade.

Em geral, quando passo um tempo sem fazer exercícios, vejo que eu começo a ficar de mau-humor e deprimido. Demorei um tempo para perceber que o problema era a falta de atividade física. Quando retomo o hábito, sinto imediatamente uma redução da ansiedade e estresse.

Lembre-se: se você não se importa com o seu próprio corpo e saúde, todos os outros aspectos na sua vida sofrerão as consequências.


7 – Deixar que eventos desagradáveis afetem seu dia inteiro

Muitas pessoas, subconscientemente, optam por ficarem irritadas e estressadas, mesmo não havendo um motivo real para tal. É claro que pequenas coisas podem nos incomodar, especialmente se acontecerem o tempo todo. Mas não podemos deixar essa energia negativa infiltrar na nossa mente e estragar nosso dia todo.

Defina quais coisas realmente importam e pare de pensar nas coisas que não importam. Se gastar menos tempo criando pensamentos negativos, você se abrirá para receber pensamentos mais felizes.

 

8 – Guardar rancor

Rancores são associados a raiva, dor e sentimentos negativos para com alguém. Mesmo achando que foi desprezado por alguma pessoa, segurar emoções tão esmagadoras não traz felicidade, pelo contrário.

Em vez disso, tente perdoar. Pense por que você foi ferido. Seja empático com a outra pessoa e, se necessário, expresse seus sentimentos. Se tudo correr bem, ambos terão uma relação e uma compreensão mais profundas um do outro. Se não, perdoe de qualquer maneira. Você verá o quão gratificante isso é.

A felicidade é uma escolha. Uma que, felizmente, não é difícil de fazer. Tome um tempo para pensar no que realmente importa para a sua vida e certifique-se de todo dia fazer algo em direção a isso. Melhore 1% a cada dia.

Eu escrevi esse artigo baseado no livro Felicidade Autêntica. Nele, Martin Seligman apresenta o passo a passo das descobertas científicas sobre felicidade e longevidade e de que maneira podemos alcançar níveis sustentáveis de alegria.

Se gostou das dicas, super recomendo que adquira o livroE, se preferir, pode ouvir o audiobook grátis na Audible cadastrando-se aqui. Já leu? Então conta aí nos comentários abaixo o que achou!

Sugiro também que guarde essa lista e, de tempos em tempos, dê uma olhada nela. Tenho certeza que, gradualmente, fará uma diferença na sua vida.

 

►► Gostou do artigo? Te convido a se inscrever no meu newsletter, onde você receberá toda 6ªfeira um resumo do que aconteceu de relevante na semana sobre negócios, empreendedorismo, carreira e tecnologia ◄◄

Obs: esse artigo foi publicado originalmente no meu Linkedin.

Comente com seu facebook

Os comentários estão encerrados.